A sessão foi aberta pelo presidente da Câmara, que deu as boas-vindas aos presentes e iniciou a ordem do dia com discussões importantes para a comunidade.

Entre os pontos positivos da sessão, destaca-se a aprovação por unanimidade do projeto de lei que concede denominação de rua a Vicente Paula Neves. Também foi aprovada, de forma unânime, a criação de uma cartilha de prevenção à violência contra crianças e adolescentes, intitulada “Eu Me Protejo Porque Meu Corpinho é Meu”. Este projeto foi elaborado pelo vereador Klessio Alves Pery e visa educar as crianças sobre autoproteção contra abusos e agressões.

Diversos requerimentos foram discutidos e aprovados, entre eles:

A construção de uma academia de saúde para idosos ao lado da quadra do Morro do Estado, bem como a manutenção dos brinquedos das crianças, proposto pelo vereador Vicente Paulo de Oliveira.

A construção de praças nas localidades da Estação Itaoca, próximo à quadra, solicitado pelo vereador Jorge Antônio Abreu.

Houve também a votação de moções de aplauso, reconhecendo o trabalho de cidadãos e instituições locais

Na discussão do veto total ao projeto de lei 002/2022, de autoria do vereador Jorge Antônio Abreu, que propunha a reserva de verbas no orçamento municipal para a compra de medicamentos de alto custo, o veto do prefeito foi rejeitado por unanimidade. Com isso, o projeto de lei foi mantido, garantindo um importante avanço para os pacientes que necessitam de medicamentos caros.

A sessão foi marcada pelo compromisso dos vereadores em buscar melhorias para a comunidade, com foco na saúde, educação e bem-estar social. A rejeição do veto ao projeto de lei sobre medicamentos de alto custo e a aprovação de novos projetos e requerimentos refletem o empenho da Câmara em atender às necessidades da população.