Imagem da transmissão https://www.youtube.com/watch?v=_MR7_wyUTw8

 

No último dia 02 de Abril, Rio Claro deu um passo importante na jornada de conscientização e apoio às pessoas com autismo. A “Roda de Conversa sobre Autismo” reuniu pais, profissionais, representantes do poder público e entidades para discutir os desafios e conquistas na assistência a essa comunidade.

O evento, realizado na Câmara Municipal, foi marcado por relatos emocionantes de familiares, que compartilharam suas experiências e desafios enfrentados no dia a dia. A presença maciça do público demonstrou o interesse e a importância do tema para a cidade.

Durante a roda de conversa, foram destacados diversos pontos essenciais para o melhor atendimento e inclusão das pessoas com autismo em Rio Claro. A secretária de Saúde, Ana Paula Lopes Miguel, apresentou as ações realizadas pelo município, ressaltando a importância da criação do Conselho Municipal voltado para o autismo, com participação equitativa de usuários, poder público e profissionais da área.

Além disso, foram discutidas iniciativas como a ampliação das ações de diversidade, equidade e inclusão profissional para autistas de nível um de suporte, a obrigatoriedade de assentos prioritários nos transportes coletivos para autistas e a criação do selo “Autista a Bordo” em veículos municipais.

Destaque também para a presença da palestrante Roge de Portugal, que trouxe conhecimento e orientações valiosas sobre o autismo, enfatizando a importância da comunicação alternativa e da atuação conjunta da família, escola e profissionais na estimulação cognitiva e motora das crianças autistas.

O vereador Alexandre Cunha, presidente da Câmara Municipal, reforçou o compromisso da casa legislativa em trabalhar pela melhoria contínua na assistência às pessoas com autismo. Ele anunciou a mensagem já em trâmite para a criação do Conselho Municipal e a apresentação de projetos de lei voltados para essa causa.

Ao final, a mensagem que ficou é de esperança e determinação. Rio Claro avança no caminho da inclusão e do apoio às pessoas com autismo, com a certeza de que, juntos, podemos construir uma sociedade mais acolhedora e solidária.